HomeEast TimorGoverno decide reativar Centro Integrado de Gestão de Crises como Sala de...

Governo decide reativar Centro Integrado de Gestão de Crises como Sala de Situação

Presidência do Conselho de Ministros

VIII Governo Constitucional

……………………………………………………………………………………………………………..

Díli, 2 de fevereiro de 2021

Comunicado de Imprensa

Governo decide reativar Centro Integrado de Gestão de Crises como Sala de Situação

O Ministro da Presidência do Conselho de Ministros e Porta-Voz do Governo, Fidelis Manuel Leite Magalhães, anunciou hoje, dia 2 de fevereiro de 2021, que o Executivo, através de despacho do Primeiro-Ministro, determinou ativar o Centro de Integrado de Gestão de Crises (CIGC) como Sala de Situação, para responder à pandemia do vírus SARS-CoV-2.

Esta decisão produz efeitos a partir das 00:00 horas do dia 2 de fevereiro de 2021 e caduca com o termo do estado de emergência.

O despacho do Primeiro-Ministro refere que “face ao decretamento do estado de emergência e à necessidade de assegurar uma coordenação efetiva e eficaz de todos os organismos do Estado no sentido de responder à ameaça que representa a COVID-19, torna-se absolutamente inevitável assegurar o funcionamento do CIGC como sala de situação”.

O Presidente da República decretou no passado dia 27 de janeiro a renovação do estado de emergência, por mais 30 dias, entre as 00:00 horas do dia 2 de fevereiro e as 23:59 horas do dia 3 de março de 2021, atendendo a que “em termos globais a situação epidemiológica evidencia uma notória tendência de agravamento” e “em particular a evolução pandémica na província indonésia de Sonda Oriental (Nusa Tenggara Timor, ou NTT)”, “impõe-se a manutenção de um conjunto importante de medidas que previnam a importação do SARS-CoV-2 para o território nacional e a sua transmissão entre a população”.

A sala de situação irá funcionar no Centro de Convenções de Díli e terá também três unidades territoriais, na Região Administrativa Especial de Oe-cusse Ambeno (RAEOA), em Bobonaro e em Covalima. As unidades territoriais serão responsáveis pela execução das atividades da sala de situação ao nível das circunscrições administrativas de primeiro escalão.

O Comandante Operacional da sala de situação é o Primeiro-Ministro, que será  responsável pela direção de todas as operações desenvolvidas, pela coordenação das unidades e pela ligação da sala de situação com o Conselho de Ministros e aos órgãos singulares do Governo. FIM

 

Source

Stay Connected
251FansLike
454FollowersFollow
Must Read
Related News